Buscar
  • Gilberto Marçal

Prefeitura inaugura floricultura no Cemitério Nossa Senhora Aparecida



A Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Limpeza Urbana (Semulsp), inaugurou floricultura Mccabe da Silva Barreto, com 11 boxes em frente ao Cemitério Nossa Senhora Aparecida, no bairro Tarumã, zona Oeste da capital. O espaço vai abrigar os ambulantes que vendem flores, velas e outros artigos em frente ao cemitério. Os recursos para a construção partiram do Fundo Municipal de Desenvolvimento Urbano (FMDU), do Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb).



O secretário da Semulsp, Sabá Reis, destaca que o espaço contempla também banheiro feminino e masculino, além do recuo da pista para as pessoas que vão adquirir flores e que vão de carro, possam parar e realizar as compras com tranquilidade.



“Estes trabalhadores estavam no relento há 40 anos e no dia 15 de janeiro do ano passado, faz um ano que o David me chamou para conversarmos sobre este espaço, porque aqui era uma verdadeira favela instalada e no mesmo dia mudamos eles para tendas alugadas pela prefeitura e o prefeito sensibilizado pediu para conversar com o Valente para elaborar um projeto parecido com que eu vi em São Paulo e o Implurb concretizou”, destaca.



Para o diretor-presidente do Implurb, engenheiro Carlos Valente, o espaço vai gerar conforto e tranquilidade para pessoas que vão enterrar seus entes queridos. “Isso se chama ternura com a população de Manaus. O prefeito é uma pessoa muito sensível com as demandas dos manauaras. E quando o Sabá levou esta questão junto com o Renato, nós procuramos estudar e conversar com os antigos permissionários. Mas hoje se cumpre aqui o que foi pedido por eles”.



O secretário da Semacc, Renato Júnior, destacou que a pasta cuidará e organizará a floricultura, entregando as permissões de uso, para que os trabalhadores possam cumprir regras, mas trabalhar de forma decente e digna.



“Cumprindo a determinação do prefeito David, estamos oferecendo para os trabalhadores informais, um local muito melhor para eles trabalharem. Isso partiu de uma iniciativa do prefeito David com o secretário Sabá Reis e executada pelo Implurb. E nós vamos entregar as permissões para os trabalhadores”, revela.



Vendendo flores há 22 anos na frente do cemitério Nossa Senhora Aparecida, Zenaide Santos, 68, foi uma das contempladas com o espaço. “Aqui só era lama. Nós estávamos esquecidos faz muito tempo. Muitos prefeitos passaram por aqui e só faziam promessas de mudar a nossa realidade. Mas graças ao prefeito David e ao secretário Sabá Reis, ganhamos um espaço muito bom”.






0 visualização0 comentário